#1 ano de blogue? Já? O que será que este post tem de especial?

Heyyyyy heyyyyy pessoal, estão bons???











Eu estou super ótimo, consegui ter inspiração e “paciência” para escrever este post.
Este novo post, ou texto já deveria ter saído dia 8 de agosto, que foi a data de celebração de 1 ano de blogue!
O que é para mim ser blogger? O que mudou na minha vida? Quais são as minhas fontes de inspiração?
Estas são algumas das perguntas que eu vou responder, mas não são apenas estas! São muitas mais, gostava que abaixo, nos comentários, alguns de vós, bloggers e não só, me dissessem o que é ser blogger na vossa opinião e para quem não o é, o que acham da escrita dos jovens atualmente? Ou simplesmente digam algo.
É esse o desafio que vos proponho, algo simples de responder, mas se pensarmos um pouco mais, falo isto para os bloggers, o que é para nós sermos isto?
Isto de sermos alguém na internet que gosta de expressar a sua opinião, que gosta de partilhar a arte da escrita com o mundo, o mundo está apinhado de bloggers, críticos, jornalistas e escritores.
Todos eles têm algo em comum, algo simples, a escrita, tão invejada por uns e odiada por outros.
Eu sou blogger, gosto de o ser, gosto de acordar todos os dias e pensar em algo para escrever, quando a inspiração não vem, gosto de andar na rua, faço-o um montão de vezes, a inspiração não é fixa, nós podemos estar super inspirados num dia mas no outro, nada vem, nada sai das nossas cabeças para os nossos dedos.
Gosto do que faço, sei que há quem lê, gosta e mo diz. Algumas pessoas podem ver, ler e gostar, podem não mo dizer, mas se continuo a ter o mesmo numero de visualizações diárias significa que as pessoas que não me dizem que gostam, continuam a vir cá.
O que mais me entusiasma enquanto blogger, é quando alguém me diz, que gosta da minha escrita, que gosta do que falo, do que consigo transmitir através dos meus posts.
Não pretendo ser famoso, quero apenas ser apreciado, apreciado por todos aqueles que vêm cá e dão uma olhadela ao meu blogue.
Recapitulando, para mim ser blogger, é ser eu mesmo e poder partilhá-lo para com o mundo, e saber que gostam disso!
Essa é a minha resposta.
Onde vou buscar inspiração?
A melhor resposta é sem duvida esta:
-Humanos.
Agora vocês parem e pensem um pouco, o que costumo vir cá falar?
Venho falar de tudo um pouco, mas numa área mais abrangente, falo de comportamentos humanos, por vezes bons, por vezes maus.
Também costumo ir buscar inspiração a músicas, imagens retiradas da net e outra grande fonte de inspiração são os meus amigos e familiares.
A minha vida não mudou nada por eu ter um blogue, o que mudou então?
Mudou a forma como eu faço as minhas ações, como eu interpreto as coisas, a minha maturidade e responsabilidade.
Quantas horas eu passei, a ver tutoriais na internet de como editar imagens, de como mudar as coisas num blogue, eu investi suor, lágrimas, dinheiro, a única coisa que peço é que continuem a ver as minhas coisas, que as divulguem se gostarem e se não gostarem digam, eu não me importo, as criticas são todas bem aceites, eu cresço a ouvi-las e tento melhorar o que fiz de errado.
Sei que alguns pensam que não devo ser eu a executar o design do blogue, mas sou eu que faço tudo.
Ninguém mexe naquilo que é meu, fui eu que criei isto, fui eu que não dormi enquanto não acabava as edições, fi-lo por vocês, sei que isto é a kind of lamechas, mas é a verdade, vocês são quem me faz continuar a escrever.
Eu tenho 16 anos, tudo o que é textos é da minha autoria, incluindo o design.
Não sou conceituoso, neste blogue são todos bem-vindos, desde que respeitem a única regra que tenho, não a revelo já agora ahahaha.
Gosto de estudar, gosto de ajudar os outros, quero vir a ser alguém na vida e aconteça o que acontecer, não hei de desistir de nós, ou seja eu e vocês, óbvio n’é?
O post acabou mas quero deixar uma lista a agradecer a todos os que me apoiaram nesta jornada, que venham mais anos!
A primeira pessoa a quem apresentei o meu blogue, foi à minha irmã e ao meu cunhado, portanto um obrigado a vocês.
À minha mãe, que me deixa ficar acordado até às tantas a escrever, gosto muito de ti mãe <3.
Deixo também um grande obrigado à D.Odete Helena, que comenta sempre os posts.
As pessoas seguintes são meus amigos, alguns bastante próximos ou não.
Obrigada Daniela Dinis, és uma chata, mas consegues aturar-me, aprecio isso em ti.
Obrigada Anne, és daquelas pessoas que só diz porcaria, mas consegues fazer-me continuar a fazer isto.
Os outros obrigados, são para a Marta Quaresma, que me apoia emocionalmente, porque eu sou um lamechas, mais um agradecimento à Inês Quaresma, que de muitas amigas que tenho, deve ser com ela que eu tenho conversas responsáveis, obrigada miúda, vales muito <3.
Mais obrigados para a Mariana Martinho, que é a minha corretora de textos, ela é muito boa pessoa, graças a ela ainda corrigi alguns erros! Esta mulher, além de boa amiga é boa conselheira.
Se não mencionei alguém que sabe que faz parte desta “família”, mande-me mensagem que eu edito eheheh.
Um gigante abraço e o meu obrigado a todos vós!
Ah lembrei-me de uma outra pessoa, a minha vizinha, ok it’s weird, mas por vezes quando estou deprimido, chateado ou com alguma emoção desconhecida ahaha ela ajuda-me muito, e também foi ela que me ajudou a escolher os cartões de visita.
Portanto um obrigado para ti também, Andreia Mascarenhas.
Mais uma pessoa que lia, e espero que leia ainda o meu blogue, é o Carlos, portanto obrigado e vê se tomas juízo ehehe.
Obrigada também Bruna simões, aturaste-me tantas vezes que já deves estar cansada de mim, mas vales muito, obrigada <3.
Se não falei de pessoas mais chegadas, como melhores amigos ou até família, não fiquem chateados, porque nós falamos de outras coisas e não do meu blogue.

Obrigado,


                                               My little Space 

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.