O Meu Pior Encontro! Nunca Esquecerei!

10:00:00
Quem nunca esteve à espera daquele encontro tão inesperado, que pensava que iria correr super bem e quando chegas...É desastroso. Bom, aconteceu comigo recentemente e quero partilhar isto convosco.


Meu



Já nos tínhamos encontrado há umas semanas atrás, tínhamos ido ao cinema, fomos passear por Lisboa, nos centros comerciais, ela já tinha vindo na minha zona e tudo mais. Éramos muito amigas e eu até já estava a sentir alguma coisa por ela. Aquele era um dia especial, ela fazia anos. O ponto de encontro era o habitual, no Oriente e de lá iríamos jantar fora, beber uns copitos e comemorar juntas. Até aí tudo bem, comprei-lhe uma prenda, arranjei-me para a ocasião e lá fui apanhar o comboio toda contente.


Meu



Eu estava mentalizada de que iria ser só eu e ela, assim algo romântico sabem? Enganei-me.
Mas antes disso, aconteceu algo pior, cheguei á estação, sentei-me e bebi um café e fiquei à espera dela. Passou-se 5 minutos, 10 minutos, 30 minutos e nada da mulher. Mandei-lhe mensagem a perguntar o que se passava, estava atrasada. Lá se passaram 1 hora, mandei-lhe novamente uma mensagem e disse que estava trânsito (estava no autocarro) e ia demorar mais um pouco. No fim disto tudo esperei por ela 2 horas. Juro, fiquei tão chateada! Detesto atrasos, tolero no máximo 20 minutos. Mas fiquei calma, era ela...e para além disso sou uma pessoa muito paciente, porém, não sei se é uma questão de paciência ou inocência. Secalhar até sou boazinha demais.



Meu



Após 2 horas, ela chega, mas não vem sozinha. Fiquei OK, são só uns amigos dela, nada demais. Até que ela me disse baixinho: é a minha namorada! Quanto ao amigo, fiquei tranquila mas quanto à outra rapariga...quando ouvi aquilo, o meu coração congelou. Nem sei como não tive um ataque! Mantive a calma (como sempre)  até porque nas semanas em que saímos, nunca aconteceu nada, éramos apenas amigas, mas estava a começar a gostar dela. Será que ela não tinha reparado nisso? Descobri naquele momento que NÃO. Fiquei mesmo triste, para além disso estava com outras intenções naquela noite. Agora esta mulher aparece-me com outra a dizer que é a sua namorada!?
Eu estava a tolerar aquilo tudo, literalmente! Para não parecer mal, fiquei mesmo por lá e fomos jantar os quatro, até porque ela queria muito mas muito que eu fosse e iria ficar chateada se não aparecesse! 



Meu



Fomos para o restaurante e eu estava a comer e quase quase a cair lágrimas dos meus olhos. Aguentei e nem sei como. Fiquei a pensar tanta coisa ali, só queria desaparecer. Aquelas duas a fazerem carinho uma na outra, super íntimas, AI QUE TENHO UM ATAQUE!

Já eram 23h e mais uns minutos e eu tinha que apanhar o comboio ás 00h00 salvo erro, lá na conversa, o que acontece? Distraio-me e vejo que estou em cima da hora! Vou a correr para a estação e perco o comboio! Eles já tinham ido embora e a Anne ficou ali sozinha e SEM BATERIA! OLHA QUE BOM! Pergunto-me até hoje porque não fui embora mais cedo visto que estava a sentir-me mal ali com eles. Porquê? Godamn! Que raiva que estou a sentir agora! 


Meu


Estava na estação e apareceu uma rapariga que não conhecia de lado nenhum e também tinha perdido o comboio, e ela tinha que ir para a Amadora. Eu não pensei em nada naquele momento e fui atrás dela. Pedi-lhe o telemóvel para ligar á minha mãe e expliquei-lhe o sucedido. Ficou preocupada como é óbvio. Entretanto fomos apanhar o metro para o Rossio para ver se havia comboios lá.


Meu


E vejam só! Já tinha saído! Boa, fomos procurar um táxi, eu com uma desconhecida a andar de táxi em Lisboa à 01h e tal da manhã! (poderia ser bem pior, eu sei).


Meu


Sinto uma certa raiva até hoje dessa desconhecida que apanhou o táxi comigo e saiu na Amadora e não pagou a parte dela!!! Cheguei ao Cacém e tive que pagar 40 e poucos euros!!! Meu Deus!! Esta noite não podia ficar pior. Felizmente acabou ali, também, era só o que faltava! Fiquei sem a rapariga de quem gostava, fiquei sem dinheiro e ainda levei uma bronca da minha mãe. Que noite maravilhosa minha gente!


Meu


Foi o pior dia da minha vida, neste caso, noite, é que foi para esquecer...mas nunca esquecemos! É incrível pah! Mas essas coisas acontecem, temos momentos bons e maus, alegres e tristes. Faz parte da vida e vida essa que não vivi nem metade, muito me espera daqui para a frente, esse foi só mais um. Pode ser que haja um pior (Deus queira que não).
Caros leitores, com certeza já tiveram dias, noites dos quais não se esquecerão jamais, certo? Comentem as vossas experiências! Espero que tenham gostado e até amanhã! 
(Anne)



Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.